Facebook

Follow the blog on Facebook:  https://www.facebook.com/MissesInFocus

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Miss Intercontinental 2014

 

Parece ser mesmo o ano das zebras! Se a porto-riquenha venceu o MI contrariando todas as apostas, o mesmo se deu com a Miss Tailândia, que venceu o Miss Intercontinental 2014. Desconsiderando isso, sua vitória não foi nada tranquila e logo após a coroação, pessoas, grupos e sites disseram que o resultado havia sido influenciado por "motivos alheios" (aqui, aqui e aqui). E há razões para as críticas e desconfianças:
1) a vencedora foi preparada por pessoas do site Missosology, que abriram a empresa Gouldian, e "por acaso" esse ano o site fez uma grande divulgação do concurso;
2) não houve um Top 5, apenas com as Rainhas Continentais, mas um Top 6, onde Tailândia "por acaso" foi a última a entrar.
Essa não é a primeira polêmica envolvendo o concurso esse ano. Há alguns meses, a ex Organização Cuba Intercontinental acusou o concurso de vender coroas e lugares no top (veja). Certamente, os olhos críticos dos fãs se voltarão com ainda mais atenção ao concurso nos próximos anos que terá muito o que provar.

Veja mais sobre as favoritas

Depois de ser adiado (seria realizado na Jordânia, mas devido aos conflitos no Oriente Médio a sede foi transferida para a Alemanha, o que acabou causando o adiamento) e estar envolto em polêmicas (a ex Organização Cuba Intercontinental acusou o concurso de vender coroas e lugares no top) o Miss Intercontinental continua buscando seu lugar ao sol. E esse ano conseguiu o importante apoio do Missosology e do Global Beauties, provavelmente os dois sites mais influentes do mundo miss. Mas não é a primeira tentativa do concurso em melhorar sua divulgação. Em 2010 o certame já havia buscado apoio do site Critical Beauty e do blogueiro Hector Joaquim.

A 43ª edição do concurso, que já teve a Miss Universo Lara Dutta entre suas vencedoras, chega ao fim, tendo as misses Af. do Sul, Filipinas, Cuba, Porto Rico e Turquia como favoritas páginas e sites missológicos. Já nas votações populares, que colocam uma miss no top, Filipinas e Porto Rico estão, por ora, empatadas com 7% dos votos cada. 

Favoritas do Misses in Focus (em ordem alfabética)
Fortes: Af. do Sul, Cuba, Equador, Filipinas e Porto Rico
Talvez: Alemanha, Coréia, Escócia, Indonésia e Portugal

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Poste aqui seu comentário.