Facebook

Follow the blog on Facebook:  https://www.facebook.com/MissesInFocus

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

E por que não?

 

Enquanto no Brasil fãs e missólogos ainda esperam as ditas mudanças no Miss Brasil, propostas ou não pela Band, já que corre à boca pequena que a emissora e a Enter não teriam o projeto para o ano de 2012, talvez a solução a curto - o mesmo a  longo - prazo seria pedir uma ajuda às agências de modelos. Não, isso não é novidade, uma vez que muitos países escolhem suas misses dessa forma. Basta lembrar de Alexandria Mills. Tem algumas que fazem o caminho inverso, como Jennifer Hawkins, que depois de ser MU, tornou-se uma grande modelo na Austrália. As agências brasileiras estão cheias de moças querendo trilhar o caminho do sucesso, senão como modelos, já que o caminho nem sempre é tão simples, talvez como misses. E por que não?

Acima, Anna Luiza da Ford Models. Mas ainda tem a Ten Models, L'Equipe, Elite Models, a Way Models, a Joy Models.

3 comentários:

  1. Concordo totalmente, seria uma ótima alternativa, já que o nosso concurso nacional anda fraco do quesito beleza, já Alexandria Mills foi um erro que deu certo, jamais imaginei que uma menina bonitinha-inha do Kentucky ganharia.

    ResponderExcluir
  2. Pelos resultados durante o concurso de MW nas preliminares, Alexandria estava fortemente cotada. Era minha 1st.
    Assim, não consigo vê-la como um 'erro'. Foi um grande acerto, isso sim!

    ResponderExcluir
  3. Se alguens acham Leila "BORING", Alexandria é 1000x mais que Leila, umas das piores Miss Mundo, eu particulamente sou TOTALMENTE contra esse negócio de apontar representantes, a Miss tem que ser conhecida por vencer algo.

    ResponderExcluir

Poste aqui seu comentário.